quarta-feira, 27 de agosto de 2008

All by myself...

Hoje digito entre soluços e lágrimas ao sentir esta dor que teima em apertar me o peito de uma maneira sobejamente profunda....
Sei que gosto de estar contigo...
Adoro os teus mimos...
Adoro viver esta aventura escondida de tudo e todos e dos riscos que podemos correr...
È tão bom estar a teu lado, sentir as tuas mãos sobre o meu corpo, sentir a tua respiração no meu ouvido, sentir o calor do teu corpo e sentir que te tenho ao meu lado naquele momento.
Cada dia que passa deixas me mais confuso, dás me tudo num dia e tiras me tudo no dia seguinte. Sei que ainda tens a cabeça acima do sentimento, e sei que gostas de estar comigo, porque eu também te conheço um pouco.
Hoje deitado na minha cama desabafando ao escrever este mero texto sinto a minha cara molhada, com lágrimas a escorregar silenciosamente pela minha face. Ao som de uma música deprimente não sei o que pensar de ti...
Sei que a tua situação também não é fácil e respeito isso ao máximo mas custa-me tanto não poder ter mais momentos contigo...
Porque a vida nos fascina? Tantas vezes nos domina...
Não me arrependo de 1 segundo que passei contigo porque foi óptimo, mas queria mais... E tu dás dois passos para a frente, e rápida e discretamente dás 10 para trás e eu sinto me cada vez mais instável, cada vez menos seguro...
Não sei com que cara irei olhar para ti amanhã...
Envio te mensagens sem ter qualquer resposta...
Eu preocupo me contigo e às vezes parece que isso é em vão...
Sinto me tão triste que consigo arrepiar me consecutivamente...
Quero deixar de estar confuso e quero que decidas, ou paramos de estar juntos de vez, ou realmente estamos juntos quando queremos...
Estou triste...

8 comentários:

pinguim disse...

Que te posso dizer perante tão bela tristeza que aqui partilhas? Que não és o único?
Que é uma fase má, necessária para se chegar a um entendimento correcto entre ambos?
Que partas "para outra"?
Nada disso te alivia, eu sei...por isso chora, chora tudo, e depois, "fala contigo" e pergunta-te a ti próprio qual o melhor caminho para viveres feliz...
Estou contigo!
Abraço.

mfc disse...

Todos passamos por isso.
Há que serenar e deixar o tempo fazer o seu trabalho.

Å®t Øf £övë disse...

[_David_],
Como os Jogos Olímpicos terminaram à pouco tempo, ao falarem-me de Dardos, lembrei-me logo [deste "Dardo"], e como não sou egoísta ao ponto de guardar tudo para mim, resolvi partilhá-lo na totalidade contigo lá no ATORDOADAS. Por isso gostaria que depois passases por lá.
Abraço.

ONDINHAS disse...

sorri...os bons momentos vao chegar.

beijinho

Nanny disse...

Ouviste o "Here without you" que geme no Sei Lá??

Pois...

Conheço esse sentir, mas não me entrego a ele. Prefiro saborear cada momento como se fosse o primeiro ou o último, que importa isso, aquele é O momento!

A vida ensina-nos a apreciar os pedacinhos bons e a aprender com os menos bons... às vezes é preferível dar um pouco menos de coração e guardar a "sanidade" para o depois... um dia talvez te explique :-)

Um beijinho da gata

p.s. - tb gostava de viajar mais, mas esta foi, sem dúvida, a maior viagem da minha vida vivida... no futuro se verá :-)

Nanny disse...

Se quiseres conhecer o lado mais reflexivo da gata, passa aqui:

http://inteardrops.blogspot.com/

:-)

Um beijo

Gata Verde disse...

Anima-te...a vida acaba num instante!!!

beijos

Anónimo disse...

Adorei
Conseguiste por a lagrima na canto da vista.
Continua em frente, não tenhas medo...

 

moon phases
Site Meter